Mensagem do Presidente

 

 

É uma honra e privilégio trabalhar em função de uma Associação de Médicos Libaneses no Brasil. 
Nosso desejo é agregar médicos de descendência libanesa para edificarmos uma organização sólida e atuante.

Com a nossa união e determinação, temos 4 metas principais:

1.

Ampliar o Projeto SAHA no volume de atendimento, e criar vínculos com a Secretaria da Saúde para garantir a continuidade do atendimento aos pacientes.

2.

Programar mutirões de saúde em comunidades carentes no Brasil e no Líbano e

Estreitar as relações acadêmicas com grandes centros médicos do Líbano para maior intercâmbio.

3.

Aumentar os laços com as outras associações profissionais, culturais e intelectuais Líbano-Brasileiras, como o Instituto Kanoun e a Associação dos Jovens do Cedro.

4.

Apoiar todas as ações de saúde de entidades médicas Líbano-Brasileiras, como ALBORL, e projeto Moça Bonita

Aproveito a oportunidade hoje para demonstrar minha gratidão aos membros da AMLB por me escolher como novo Presidente desta entidade, da qual me orgulho muito.
Faço homenagem especial aos que iniciaram o embrião da AMLB em 1997, na época com o nome “Grupo Hakim”, e destaco entre outros os Doutores, Assad Frangieh, Toufic Sleiman, Sarkis El Bayeh, Ismeil Rajab, Raul Cotait, Marcos Rassi, Fares Abdulmassih, Renato Assad e eu tive participação desse time.

A partir de 2017, uma nova diretoria assumiu sob a presidência do Dr Renato Assad e eu como vice-presidente. Trabalhamos muito com esse grupo seleto de diretores, elevando a nossa missão e almejando desafios maiores, alcançando destaque na Comunidade Médica Líbano-Brasileira. E o nosso maior triunfo foi o projeto SAHA-BRASIL, com objetivo de atender os refugiados de diversos países em São Paulo.
Assumo hoje, junto com o Vice-Presidente Dr Walid EL Andere , e os novos diretores com as seguintes metas:
1-    Ampliar o Projeto SAHA no volume de atendimento, e criar vínculos com a Secretaria da Saúde para garantir a continuidade do atendimento aos pacientes.
2-    Programar mutirões de saúde em comunidades carentes no Brasil e no Líbano
3-    Estreitar as relações acadêmicas com grandes centros médicos do Líbano para maior intercâmbio.
4-    Aumentar os laços com as outras associações profissionais, culturais e intelectuais Líbano-Brasileiras, como o Instituto Kanoun e a Associação dos Jovens do Cedro.
5-    Apoiar todas as ações de saúde de entidades médicas Líbano-Brasileiras, como ALBORL, e projeto Moça Bonita.

AMLB: Associação Médica Líbano-Brasileira    |    email: amlb.diretoria@yahoo.com    |    Fone: (11) 3141-9573