MENSAGEM DA ASSOCIAÇÃO MÉDICA LÍBANO-BRASILEIRA

 

Aos queridos irmãos,

Assola atualmente a todos, no Brasil e no Líbano, uma onda preocupante e devastadora: a Pandemia do Coronavírus. Uma infecção grave, por um vírus novo e agressivo, altamente contagioso e lesivo, que irá afetar a maioria da população do mundo.

Tendo em vista a gravidade da infecção e da evolução muito rápida das notícias, das novidades científicas e das informações desencontradas, muitas vezes erradas e até perigosas, os médicos da AMLB abrirão um canal de informações baseadas em evidências científicas, informando e orientando de forma mais sólida nossos irmãos. Este movimento da AMLB tem o apoio e o estímulo contínuo do Consulado Geral do Líbano em São Paulo.

Inicialmente, gostaríamos de deixar claro que a AMLB recomenda seguir as orientações do Ministério de Saúde Brasileiro, nas decisões de prevenção e combate a essa pandemia no País, através das condutas e definições de estratégias baseadas em informações técnico-científicas e nas experiências de outros países. A AMLB manifesta também apoio total aos colegas e profissionais da área da saúde que atuam, neste momento difícil, na linha de frente da assistência aos que padecem da COVID-19 e suas complicações.

O objetivo principal deste primeiro boletim é tentar esclarecer eventuais dúvidas da população e reduzir o número de infectados e possível aumento exponencial da mortalidade por essa doença terrível. O período de incubação do Coronavírus é de 2 a 14 dias, em média 5-7 dias. A transmissão ocorre por secreções respiratórias (tosse ou espirro), contato pessoal próximo ou tocar em superfícies contaminadas (mesa, maçanetas, etc).

A transmissibilidade é muito maior nos pacientes sintomáticos (síndrome gripal com febre, coriza, tosse seca, sensação de cansaço, dor de cabeça e outros menos comuns como perda de olfato ou paladar, distúrbios gastrointestinais), mas há grande chance dos assintomáticos transmitirem o vírus e, portanto, é importante seguir bons hábitos de higiene, como lavar as mãos, não tocar a boca e os olhos, deixar o sapato de uso externo em local separado...

Pacientes com pior prognóstico são aqueles acima de 60 anos, portadores de doenças pulmonares crônicas, doença cerebrovascular, cardiopatias (inclusive hipertensão arterial severa), Diabetes Mellitus insulino-dependente, insuficiência renal e/ou imunossuprimidos.

Diante do início de sintomas leves ou suspeita de COVID-19, tais como tosse, dor de garganta, coriza, dor no corpo e/ou cansaço, nossa recomendação é de não procurar atendimento hospitalar, para evitar propagação do vírus e sobrecarga do sistema de saúde. Sugerimos atendimento hospitalar especializado no caso de haver febre persistente e/ou falta de ar.

Periodicamente, enviaremos mensagens com notícias e orientações para nossos irmãos, em Português e em Árabe. Também abriremos uma área de perguntas que poderão ser encaminhadas por nossos irmãos. Estas perguntas e as dúvidas serão respondidas por especialistas membros da AMLB. No entanto, não caberá nesta sessão a discussão de casos clínicos específicos e pessoais por problemas éticos.

São Paulo, 29 de março de 2020.

 

 

Robert Nemer

Presidente da AMLB

A.M.L.B.

Associação Médica

Líbano-Brasileira

A Associação Médica Líbano-Brasileira tem como finalidade o intercâmbio entre médicos brasileiros e libaneses, promovendo a cultura, o bem estar e a saúde das populações no Brasil e no Líbano.

AMLB: Associação Médica Líbano-Brasileira    |    email: amlb.diretoria@yahoo.com    |    Fone: (11) 3141-9573