baalbeck-710599_1920
5008d808-5cbd-4d87-bcdc-2325be0faedd
602c1313-1ae2-4575-8403-bf8a8159c895
a60d3765-66ca-4840-b3bb-1d386e3d2bf9
PHOTO-SahaHAOC_edited
PHOTO-SahaBrasil
PHOTO-Saha24112018
Saha_edited
Saha5
Saha4_edited
IMG_3031 2_edited
landscape-2260421_1920

Discurso de posse Dr. Robert Nemer

اهلا و سهلا فيكن

 

ومنتمنالكن ليلة سعيدي

 

SENHORAS E SENHORES,

 

AGRADEÇO MUITO A PRESENÇA DE TODOS, E NÓS DA DIRETORIA PROCURAMOS PROPICIAR UMA NOITE MUITO AGRADÁVEL PARA OS NOSSOS CONVIDADOS.

 

FALANDO EM AGRADÁVEL, VOU PROCURAR SER BREVE.

 

APROVEITO A OPORTUNIDADE HOJE PARA DEMONSTRAR MINHA GRATIDÃO AOS MEMBROS DA AMLB POR ME ESCOLHER COMO PRESIDENTE DESTA ENTIDADE, DA QUAL ME ORGULHO MUITO.

 

EU FUI UM DOS PRIMEIROS A CRIAR O EMBRIÃO DA NOSSA ASSOCIAÇÃO EM 1997, COM O NOME DO GRUPO HAKIM NA ÉPOCA, JUNTO COM MUITOS AMIGOS MÉDICOS NOBRES, COMO OS DOUTORES ASSAD FRANGIEH, TOUFIC SLEIMAN, SARKIS EL BAYEH, ISMEIL RAJAB, RAUL COTAIT, MARCOS RASSI, FARES ABDULMASSIH,

 

MUHAMED AMMAR, MEU AMIGO RENATO ASSAD, E MUITOS OUTROS.

 

A TRAJETÓRIA DA AMLB JÁ É CONHECIDA POR TODOS PRATICAMENTE E NÃO CABE REPETIR. MAS É IMPORTANTE FRISAR O TRABALHO DE PERSISÊNCIA DOS DOUTORES ASSAD FRANGIEH E TOUFIC SLEIMAN , MANTENDO O NOME HAKIM NA MEMÓRIA DOS AMIGOS, MESMO SE RESTRINGINDO ÀS VEZES A REUNIÕES DE CONFRATENIZAÇÃO E JANTARES.

 

A PARTIR DE 2017, UMA NOVA DIRETORIA ASSUMIU SOB A PRESIDÊNCIA DO DR RENATO ASSAD E A MIM COMO VICE-PRESIDENTE. TRABALHAMOS MUITO COM ESSE GRUPO SELETO DE DIRETORES ELEVANDO A NOSSA MISSÃO E ALMEJANDO DESAFIOS MAIORES, ALCANÇANDO DESTAQUE NA COMUNICADADE MÉDICA LÍBANO-BRASILEIRA. O RENATO FOI UM EXCELENTE MAESTRO NA ORGANIZAÇÃO DO GRUPO E DO SEU TRABALHO, DESTACANDO A FILANTROPIA CITADA POR ELE E OS NOSSOS JANTARES MENSAIS COM PALESTRAS SEMPRE DE GRANDE RELEVÂNCIA.

 

HOJE, EU ASSUMO COM O VICE DR WALID EL ANDERE, A QUEM ESTIMO O MAIOR RESPEITO E ADMIRAÇÃO PELO SEU TRABALHO E DEDICAÇÃO À AMLB NOS 2 ANOS QUE PASSARAM.

 

CADA UM DOS NOVOS DIRETORES TEM SUA IMPORTÂNCIA PELO AMOR QUE OFERECE À NOSSA MISSÃO HUMANA, SOCIAL E CULTURAL . PRINCIPALMENTE ALMEJAMOS LEVANTAR AS BANDEIRAS DA NOSSA MEDICINA E DA NOSSA RAÍZ LIBANESA , CONSTRUINDO LAÇOS ENTRE O BRASIL E O LÍBANO, E AUMENTANDO O INTERCÂMBIO MÉDICO ENTRE OS 2 PAÍSES.

 

NA NOSSA NOVA GESTÃO, TRAÇAMOS ALGUMAS METAS:

 

1- AMPLIAR O PROJETO SAHA NO VOLUME DE ATENDIMENTO, E CRIAR VÍNCULOS COM A SECRETARIA DE SAÚDE PARA GARANTIR A EXTENSÃO DO NOSSO ATENDIMENTO PRIMÁRIO PARA O TRATAMENTO SECUNDÁRIO ESPECIALIZADO.

 

2- PROGRAMAR MUTIRÕES DA SAÚDE EM COMUNIDADES CARENTES TANTO NO BRASIL QUANTO NO LÍBANO

 

3- ESTREITAR RELAÇÕES ACADÊMICAS COM GRANDES CENTROS MÉDICOS DO LÍBANO. INICIAMOS ESSE TRABALHO EM JUNHO DESTE ANO ATRAVÉS DE VISITA OFICIAL DA AMLB AO HOSPITAL SAINT GEORGES DE BEIRUTE AO REITOR DA UNIVERSIDADE BALAMAND,

 

DR. ELIAS WARRAK , QUE JÁ ENDOSSOU NOSSAS ATIVIDADES MÉDICAS NO LÍBANO.

 

4- A AMLB CONTINUARÁ APOIANDO TODAS AS AÇÕES DE SAÚDE DE ENTIDADES MÉDICAS LÍBANO-BRASILEIRAS, COMO A ASSOCIAÇÃO BRASIL-LÍBANO DE OTORRINOLARINGOLOGIA, PROJETO MOÇA BONITA, PROJETO ANTI-TABAGISMO, DENTRE OUTROS.

 

FINALMENTE, GOSTARIA DE AGRADECER À MINHA MÃE PRESENTE AQUI, MINHA ESPOSA CRIS, MEU FILHO E A TODOS AQUI PRESENTES.

 

E AGORA A RENATA CRISTINA VAI APRESENTAR A NOVA DIRETORIA E O CONSELHO ADMINISTRATIVO.

MENSAGEM DA ASSOCIAÇÃO MÉDICA LÍBANO-BRASILEIRA

 

Aos queridos irmãos,

Assola atualmente a todos, no Brasil e no Líbano, uma onda preocupante e devastadora: a Pandemia do Coronavírus. Uma infecção grave, por um vírus novo e agressivo, altamente contagioso e lesivo, que irá afetar a maioria da população do mundo.

Tendo em vista a gravidade da infecção e da evolução muito rápida das notícias, das novidades científicas e das informações desencontradas, muitas vezes erradas e até perigosas, os médicos da AMLB abrirão um canal de informações baseadas em evidências científicas, informando e orientando de forma mais sólida nossos irmãos. Este movimento da AMLB tem o apoio e o estímulo contínuo do Consulado Geral do Líbano em São Paulo.

Inicialmente, gostaríamos de deixar claro que a AMLB recomenda seguir as orientações do Ministério de Saúde Brasileiro, nas decisões de prevenção e combate a essa pandemia no País, através das condutas e definições de estratégias baseadas em informações técnico-científicas e nas experiências de outros países. A AMLB manifesta também apoio total aos colegas e profissionais da área da saúde que atuam, neste momento difícil, na linha de frente da assistência aos que padecem da COVID-19 e suas complicações.

O objetivo principal deste primeiro boletim é tentar esclarecer eventuais dúvidas da população e reduzir o número de infectados e possível aumento exponencial da mortalidade por essa doença terrível. O período de incubação do Coronavírus é de 2 a 14 dias, em média 5-7 dias. A transmissão ocorre por secreções respiratórias (tosse ou espirro), contato pessoal próximo ou tocar em superfícies contaminadas (mesa, maçanetas, etc).

A transmissibilidade é muito maior nos pacientes sintomáticos (síndrome gripal com febre, coriza, tosse seca, sensação de cansaço, dor de cabeça e outros menos comuns como perda de olfato ou paladar, distúrbios gastrointestinais), mas há grande chance dos assintomáticos transmitirem o vírus e, portanto, é importante seguir bons hábitos de higiene, como lavar as mãos, não tocar a boca e os olhos, deixar o sapato de uso externo em local separado...

Pacientes com pior prognóstico são aqueles acima de 60 anos, portadores de doenças pulmonares crônicas, doença cerebrovascular, cardiopatias (inclusive hipertensão arterial severa), Diabetes Mellitus insulino-dependente, insuficiência renal e/ou imunossuprimidos.

Diante do início de sintomas leves ou suspeita de COVID-19, tais como tosse, dor de garganta, coriza, dor no corpo e/ou cansaço, nossa recomendação é de não procurar atendimento hospitalar, para evitar propagação do vírus e sobrecarga do sistema de saúde. Sugerimos atendimento hospitalar especializado no caso de haver febre persistente e/ou falta de ar.

Periodicamente, enviaremos mensagens com notícias e orientações para nossos irmãos, em Português e em Árabe. Também abriremos uma área de perguntas que poderão ser encaminhadas por nossos irmãos. Estas perguntas e as dúvidas serão respondidas por especialistas membros da AMLB. No entanto, não caberá nesta sessão a discussão de casos clínicos específicos e pessoais por problemas éticos.

São Paulo, 29 de março de 2020.

 

 

Robert Nemer

Presidente da AMLB

A.M.L.B.

Associação Médica

Líbano-Brasileira

A Associação Médica Líbano-Brasileira tem como finalidade o intercâmbio entre médicos brasileiros e libaneses, promovendo a cultura, o bem estar e a saúde das populações no Brasil e no Líbano.